Conferencia Interamericana de Educación Matemática, XV Conferencia Interamericana de Educación Matemática

Por defecto: 
Os diamantes que os garimpeiros não encontraram: histórias da formação dos professores (de Matemática) em uma região de garimpo
eliete grasiela BOTH, Ivete Maria Baraldi

Construir: Bloque 12
Sala: 311
Fecha: 2019-05-06 03:30  – 03:50
Última modificación: 2019-04-10

Resumen


O presente artigo é um recorte de uma pesquisa de doutoramento que está investigando a formação de professores (de Matemática) em uma região, surgida do garimpo de diamantes, formada pelos seguintes municípios: Araguaiana, Barra do Garças, Pontal do Araguaia e Torixoréu, no estado de Mato Grosso e Aragarças e Baliza, no estado de Goiás. O recorte temporal abrange da década de 1920 (início do garimpo e povoamento urbano no local) à de 1980 (criação da Universidade Federal de Mato Grosso em Barra do Garças). Utilizando a metodologia da História Oral, cotejamos fontes orais, por nós produzidas, e demais fontes disponíveis, construindo narrativas históricas sobre características da Educação Matemática na região citada. Até o momento, realizamos nove entrevistas com professores que atuaram em Aragarças, Araguaiana, Barra do Garças e Torixoréu, e pesquisa documental em algumas escolas. Pelo desenvolvimento destas ações está sendo possível conhecermos aspectos da formação docente no local.

Palabras clave


História Oral, formação docente, região de Barra do Garças.

Texto completo: PDF