Conferencia Interamericana de Educación Matemática, XV Conferencia Interamericana de Educación Matemática

Por defecto: 
Derivada clássica e derivada fraca: uma análise da compreensão dos conceitos com base na teoria APOS
Janice Rachelli, Vanilde Bisognin

Edificio: Bloque 12
Sala: 309
Fecha: 2019-05-06 04:00  – 04:20
Última modificación: 2019-04-10

Resumen


Neste artigo apresentamos resultados de uma investigação, desenvolvida com estudantes brasileiros de um curso de mestrado em ensino de Matemática, que teve por objetivo analisar como se dá a compreensão do conceito de derivada clássica e derivada fraca. A teoria APOS foi utilizada na pesquisa como referencial teórico e metodológico.  Para tanto, seguimos os passos da metodologia de pesquisa proposta pela teoria e utilizamos o ciclo de ensino ACE como metodologia de ensino no desenvolvimento de atividades em sala de aula. Os dados obtidos, por meio dos registros dos alunos e das observações anotadas no diário de campo, nos permitiram identificar mecanismos mentais de abstração reflexionante e estruturas mentais, previstos na decomposição genética e que foram desenvolvidos pelos estudantes na resolução das atividades. Além do mais, há evidências de que as atividades propostas facilitaram a compreensão dos conceitos.

Palabras clave


Derivada clássica; Derivada fraca; Teoria APOS; Decomposição genética; Ciclo de ensino ACE

Texto completo: PDF